21 July, 2019, 03:30

Vinho Estragado, Como Descobrir?

Sabe quando o sommelier faz você degustar um pouco do vinho antes de servir para todo mundo na mesa? É para você provar e ver se a bebida aberta é um vinho estragado ou não. A questão toda é: você sabe identificar um vinho estragado?

Listei 6 características de vinhos estragados para te ajudar nessa fase.

Bouchonné

É bem fácil de descobri um vinho estragado por contaminação por TCA – Uma característica desse defeito é o cheiro forte de papelão úmido, cachorro molhado ou até mesmo mofo.

Reduzido

Mercaptanas Compostos de Enxofre – Quando o vinho esta reduzido, ele tem um cheiro de alho cozido e repolho. Acontece quando o vinho não recebe oxigênio na garrafa. Não necessariamente é um vinho estragado, aerar a bebida poderá melhorar o cheiro.

Oxidado

Madeirizado – Vinhos oxidados tem uma coloração puxada para o marrom. Ficam com gosto seco e amargo, caracterizando o vinho estragado. Vinhos brancos ficam com um cheiro parecido com o de cidra de maçã.

Danos por Radiação UV

Excesso de Luz – Quando o vinho fica exposto à luz por muito tempo (natural ou artificial), podendo causar sua redução, consequentemente virar um vinho estragado.

Fica a dica armazenar em local escuro e prateleiras.

Bê-a-bá do Vinho – veja como armazenar

Danos pelo Calor

Cozido – Acima de 27,5°C os vinhos começam a deteriorar e acima de 32°C eles começam a cozinhar apresentando aromas como caramelo e frutas cozidas, mas com um gosto único e uma coloração mais escura que o normal. Não será um vinho estragado, mas um vinho cozido.

Presença de Gás

Pode ser que o vinho sofra uma nova fermentação na garrafa causando o surgimento de gás e coloração turva.

Fonte: Wine Folly - O Guia Essencial do Vinho. Madeline Puckette e Justin Hammack

Ex Limão com Alecrim, formada em gastronomia, apaixonada por esportes, vinho, boa gastronomia e viagens.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *