22 November, 2018, 11:20

Tignanello 2006 – Um clássico Super Toscano

Um vinho lendário! O Antinori Tignanello foi o primeiro Sangiovese a ser envelhecido em barris de carvalho e suplementado com castas internacionais, dando origem aos primeiros super-toscanos!

Em resumo, ele é composto exclusivamente por uvas das variedades Sangiovese (85%), Cabernet Sauvignon (10%) e Cabernet Franc (5%) e, no artigo de hoje, conto um pouco sobre ele.

|Veja aqui a avaliação do chileno Intriga Máxima Cabernet Sauvignon 2012

Processo  e Notas do Tignanello

Como falei, o Antinori Tignanello foi o primeiro sangiovese a ser envelhecido em barricas, complementado com as Cabernets. Contudo, antes de unidas, estas uvas são fermentadas separadas em barris novos de carvalho francês, para que o álcool seja desenvolvido.

Após a fermentação alcóolica, estes são submeticos à fermentação malolática e então o blend é formado e colocado em novas barricas, por mais doze meses.

O Tignanello 2006 possui uma cor rubi intensa e equilibrada, frutos vermelhos maduros e uma certa picância no nariz. É um paladar rico, redondo, denso, sem esconder sua grande elegância e complexidade. Um vinho poderoso, mas fino e agradável para beber.

tignanello 2006

Os taninos são pronunciados, mas suaves e sedosos. Juntamente com a acidez equilibrada, asseguram um bom potencial de envelhecimento ao vinho. A safra 2006 tem potencial de guarda até 2022.

Produtor do Tignanello

A família Antinori é associada ao vinho desde 1385, e seus vinhos adquiriram uma fama quase lendária!

Nos anos sessenta as pessoas começaram a pensar sobre a produção de Chianti. Toda a produção de vinho foi coberta, desde o cultivo até a maturação. Com isso, Antinori foi um dos primeiros a começar a produzir vinho em barricas na Itália.

Em 1971, houve a primeira safra do agora lendário Tignanello. Mais tarde, o famoso Solaia foi criado. Nos anos 80, os produtores de vinho Peppoli e Badia a Passignano foram adquiridos.

Com os vinhos produzidos lá, Antinori estabeleceu novos padrões de estilo e qualidade do moderno Chianti Classico.

Ex Limão com Alecrim, formada em gastronomia, apaixonada por esportes, vinho, boa gastronomia e viagens.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: