13 November, 2018, 02:04

Cape Town – História e Curiosidades

Cape Town foi uma das poucas cidades que conheci que realmente tive vontade de morar. É uma cidade lindíssima, beira-mar, com belas casas, bons trabalhos, excelentes restaurantes, uma vida noturna agitada, berço de arte, design e cultura, além de ter – na minha opinião – uma qualidade de vida invejável.

A cidade é muito movimentada por turistas do mundo inteiro que vão para conhecer o Cabo da Boa Esperança, a Table Mountain, Boulders BeachRobben Island e até mesmo as vinícolas locais. Outra atração que deixa a cidade na moda é o fato da moeda estar desvalorizada, sendo uma opção de viagem barata até mesmo para nós brasileiros (29/11/16 – R$ 1 = ZAR 4,1296) . 

[box type=”success” ]O tema do post de hoje é contar um pouco sobre Cape Town – não sou especialista e nem o Wikipedia, mas acho que vale a dica – mas em breve irei fazer uma lista dos melhores restaurantes da cidade, minha avaliação nos restaurantes que fiz e um post para programas destinados à turistas e não turistas, além de contar um pouco sobre nosso hotel boutique P.O.D. que fica em Camps Bay, uma das praias da cidade.[/box]
Boulders Beach - santuário dos pinguins

Boulders Beach – santuário dos pinguins

Boulders Beach - santuário dos pinguins

Boulders Beach – santuário dos pinguins

Para quem não sabe, Cape Town é a cidade do continente africano mais próxima do Pólo Sul, fica margeada pelos oceanos Índico e Atlântico, é sede do Poder Legislativo da África do Sul e teve sua colonização feita por holandeses e ingleses – algo muito visível na arquitetura da cidade. Tem uma história muito rica em detalhes, contadas pelos diversos Museus espalhados na cidade, principalmente aquele que fica na Robben Island, ilha-presídio onde diversos ativistas políticos ficaram presos, incluindo Nelson Mandela por sua batalha contra o Aparthaid – hoje a prisão se transformou em um museu.

A cidade é referência no polo comercial e industrial e tem um dos principais portos do país – que antigamente dava apoio à Companhia Holandesa das Índias Orientais para abastecimento dos navios que seguiam para a índia. Hoje uma parte deste porto foi completamente remodelado e mantem um comercio super charmoso: o V&A Waterfront.

O V&A Waterfront foi um píer construído em 1860 para proteção dos fortes ventos do inverno, mas deixado de lado ao longo dos anos. Em 1988 foi revitalizado e hoje reúne restaurantes, shopping, aquário, anfiteatro, cafés, bistrôs, hotéis e um livre comércio muito charmoso com diversos artesanatos locais, mercados de comida e apresentações ao vivo com músicas africanas.

limao-alecrim-cape-town-site-blog-10178

limao-alecrim-cape-town-site-blog-10175

Também como parte charmosa da cidade, a Table Mountain é considerada uma das 7 maravilhas naturais do mundo e é chamariz de turista, pois além de ser um parque nacional, oferece uma vista da cidade incomparável quando esta em seu topo. Seu nome “Montanha da Mesa” em português se dá pela superfície plana de 3 km. Você pode subir ao topo realizando caminhadas ou pelo teleférico – [highlight style=”light” ]DICA: Chegar cedo![/highlight]

limao-alecrim-cape-town-site-blog-10061

limao-alecrim-cape-town-site-blog-10105

limao-alecrim-cape-town-site-blog-0705

Table Mountain ao fundo coberto

Table Mountain ao fundo coberto

O parque nacional também é caminho para o Cabo da Boa Esperança, que fica a 50km de Cape Town. O Table Mountain National Park é conhecido por resguardar a vegetação natural da Africa e pelos animais selvagens que vivem por ali. No caminho até o Cabo da Boa Esperança, você percebe que os babuínos são figuras já conhecidas pelos turistas – e agressivas quando ameaçadas – e os pinguins ficam tranquilos tomando sol nas praias de Simon’s Town. Chegando ao Cabo da Boa Esperança, você verá apenas a placa sinalizando o local – com uma longa fila para fotos – e uma trajetória até o topo para ver a vista do farol (com as famosas plaquinhas indicando a distância das cidades). PS: você pode subir de bondinho!

 

Cabo da Boa Esperança

Cabo da Boa Esperança

Cabo da Boa Esperança

Cabo da Boa Esperança

CURIOSIDADE SOBRE O CABO DA BOA ESPERANÇA

[box type=”success” ]

É conhecido por Cabo das Tormentas, por conta das tempestades que ocorriam ali e erroneamente dizem que é o extremo meridional do continente africado. Na realidade é o Cabo Agulhas e você observa isso quando esta no farol do Cabo da Boa Esperança.
O Cabo da Boa Esperança foi descoberto e desdobrado pelo navegador português Bartolomeu Dias e é lá onde o Oceano Índico encontra o Oceano Atlântico.

[/box]

 

Em se tratando de vegetação natural, o jardim botânico Kirstenbosch National Botanical Garden fundado em 1913, é considerado um dos mais bonitos do mundo e preserva espécies de diferentes regiões da África em um só lugar. Vale a visita!

Uma curiosidade que todo mundo deve saber: Cape Town sediou a Copa do Mundo de 2010 onde foi construído o Green Point Stadium, atualmente usado pelo time Ajax Cape Town Football Club.

Cape Town e o estádio da Copa do Mundo

Cape Town e o estádio da Copa do Mundo

Um outro fato curioso: este bairro de Cape Town (foto abaixo) é onde se concentram os muçulmanos que moram na cidade e possui todas as casas coloridas. A história diz que antigamente quem morava ali não sabia explicar o seu endereço, então falaram direções com as cores das casas. Até hoje as casas são obrigadas a terem a mesma cor e serem mantidas como novas. É uma área linda.

limao-alecrim-cape-town-site-blog-10012

Pelo que percebi – e notei que todo mundo também, rsrs – Cape Town lembra um pouco o Rio de Janeiro por sua beleza natural, vida esportiva da população local, além das “townships“, as favelas que rodeiam a cidade. Se no Rio temos o Pão de Açúcar, em Cape Town há a Table Mountain.

Na minha opinião, Cape Town é um lugar para ir sempre que estiver afim de viajar. Esqueça Estados Unidos e Miami, vá para Africa do Sul, visita Cape Town e aproveite uma das cidades mais bonitas que já vi.

Vem mais post por aí.

 

Informações úteis

[box type=”success” ]Moeda: Rand Fuso Horário: 5 horas à frente de Brasília Idioma: inglês e dialeto local (Affrikanus)Clima: Verão entre 15ºC e 29ºC e inverno entre 4ºC e 12ºCVoltagem: 220v Tomada: 3 pinos em VIngressos para o teleférico do Table Mountain National Park: clique aqui[/box]

Ex Limão com Alecrim, formada em gastronomia, apaixonada por esportes, vinho, boa gastronomia e viagens.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: