18 January, 2019, 21:16

6 mitos sobre vinhos

Tem muita gente achando que é o melhor enólogo do mundo e, por isso, foram criados alguns mitos sobre vinhos que acabaram representando uma ideia muito comum entre pessoas que não são especialistas no assunto.

Na dica de hoje, resolvi desvendar esses mitos para vocês acabarem com qualquer papinho de enochato por aí:

Veja aqui os termos para entender um enochato

Os vinhos varietais são os melhores

Como falei aqui, os vinhos varietais são vinhos feitos com sua maioria em uma mesma uva (há porcentagens diferentes em alguns países, sendo que no Brasil um vinho varietal precisa ter no mínimo 85% da mesma uva), e isso faz com que as pessoas saibam o que estão bebendo, MAS NÃO QUER DIZER QUE SÃO OS MELHORES VINHOS.

Explico: os vinhos varietais variam de qualidade comum à excelente. Não quer dizer que um vinho da uva Cabernet Sauvignon será excelente.

Vinho bom é vinho caro

Antes de tudo, vou ser bem honesta: como muitos produtos, um preço mais alto significa sim uma qualidade superior. Mas não podemos esquecer que no Brasil temos um imposto elevadíssimo com bebidas alcoólicas que pode deixar um vinho considerado barato na Europa, caro no Brasil.

Isso não quer dizer que esse vinho é de qualidade superior – ou inferior – a um nacional que terá um valor mais em conta, mas podem haver vinhos brasileiros excelentes com um preço melhor que um importado.

Conheça a Vinícola Guaspari no interior de São Paulo e seus excelentes vinhos

Vinho branco com peixes e vinho tinto com carne vermelha

Uma frase que não é tão ruim caso você não queira arriscar em um jantar. Mas note que muitas vezes a composição da receita pede um vinho mais suave ou mais “pancadão” para a sua harmonização. Explico: vitela e carne de porco combinam com vinhos mais suaves como os brancos e um salmão com um tinto Pinot Noir.

Uma diquinha boa na hora de harmonizar é balancear as características do seu prato com as características do vinho (sabor + intensidade + textura + peso).

Vou fazer posts sobre harmonização em breve!

Quanto mais pontos, melhor o vinho

É normal nós escolhermos vinhos com pontuações excelentes perante os críticos, mas você não pode esquecer que são opiniões dos profissionais – por mais que eles analisem todos os fatores que implicam em um vinho equilibrado. O melhor vinho é o vinho que você gosta!

Quanto mais velho, melhor o vinho

A maioria dos vinhos não possuem o que é necessário para envelhecer durante décadas, então o ideal é ser consumido no primeiro ou nos cinco primeiros anos de suas vidas.

Mesmo assim, há vinhos com potencial de desenvolvimento lento e que vão atingir sua maturidade após alguns anos – e se armazenados corretamente. Já viu os leilões de vinhos antigos e raríssimos? Alguns chegam a valer milhões.

Champanhe não envelhece

O Champanhe envelhece sim e pode envelhecer muitíssimo bem – se bem armazenado. Em um local frio, escuro e úmido, o champanhe pode envelhecer por muito tempo, sem perder as principais características.

 

Cheers!!

Eu e o João durante Enoturimo na África do Sul!

Ex Limão com Alecrim, formada em gastronomia, apaixonada por esportes, vinho, boa gastronomia e viagens.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: